sábado, 7 de maio de 2016

Túnel do Marão

«um dia histórico país.»
António Costa, hoje


- x -

Não sei quem, quando, disse pela primeira vez «Para lá do Marão mandam os que lá estão.» [1850 resultados]
Não sei quem, quando, disse pela primeira vez «Para cá do Marão mandam os que cá estão.» [1010 resultados]

Três coisas. 

1. «Para cá do Marão governam os que cá estão», lema com que se apresentava a "Illustração Trasmontana", consta ser da autoria de Cristiano Ron, ups!, de Carvalho [1874-1940], director artístico daquele magazine que se publicou de 1908 a 1910. Seja. 

«Vou falar-lhes dum Reino Maravilhoso […]
Vê-se primeiro um mar de pedras. Vagas e vagas sideradas, hirtas e hostis, contidas na sua força desmedida pela mão inexorável dum Deus criador e denominador. Tudo parado e mudo. Apenas se move e se faz ouvir o coração no peito, inquieto, a anunciar o começo duma grande hora. De repente, rasga a espessura do silêncio uma voz de franqueza desembainhada:
- Para cá do Marão, mandam os que cá estão!...
Sente-se um calafrio. A vista alarga-se de ânsia e de assombro. Que penedo falou? Que terror respeitoso se apodera de nós? Mas de nada vale interrogar o grande oceano megalítico porque o nume invisível ordena:
- Entre! A gente entra, e já está no Reino Maravilhoso. […]»

3. Pelas 17h05 de hoje, na inauguração dos «5,6 quilómetros», o doutor António Costa, Primeiro-Ministro, falante desastrado, príncipe trauliteiro da Cultura, sentenciou:
«Não é este túnel que deve pôr termo à frase de Torga que (sic) 'Para do Marão mandam os que estão'.»

Sente-se um calafrio. ... Que penedo falou?
Posto o que, lido em voz alta, vai o presente termo ser por mim assinado.
________________________________________
* «A sua evocação poetica de Trás-os-Montes, que se seguiu á notabilissima conferencia do professor Paulo Quintela, constituiu um quarto de hora de encantamento para os ouvidos que souberam ouvi-lo.»