domingo, 19 de abril de 2015

Fiat lux

Um homem nunca deveria ser privado de luz.
Fiquei fã de John Simopoulos, 12.Jun.1923-04.Mar.2015**, desde que José Cutileiro mo apresentou, já memória, no passado dia 11, não sem se ter divertido e gozado com o  fôlego do leitor interpondo as habituais, no mínimo, 245 palavras entre o sujeito e o predicado [«John Simopoulos ... foi exemplo inigualável do que era um professor de Oxford,»] e mais 200 até ao primeiro ponto final, do primeiro período*.
«[...]
Sem liberdade de vagabundagem intelectual e de ócio, o conhecimento teórico definhará. (O risco em Portugal aumenta por filistinismo generalizado: as pessoas querem ser doutor/as não para saberem mais mas para "passarem a portugueses de primeira").
[...]»
___________________________________________
* Sábado, 21 de Fevereiro de 2015, foi o dia em que José Cutileiro perdeu a cabeça: «Carl Friedmann Djerassi [29.Out.1923-30Jan.2015**, um dos pais da pílula contraceptiva] morreu na sua casa de São Francisco da Califórnia no passado dia 31 de Janeiro de complicações de um cancro dos ossos.»
Falou e disse.

** Morre-se muito a partir dos 90.